Sexta-feira, 7 de Março de 2008

Esperar duas horas antes de ir para a água depois de comer? Quero a minha infância de volta!

Como bom algarvio, cresci na praia e sempre levei com a máxima "Não podes entrar na água enquanto estiveres a fazer a digestão!". Três horas, duas horas e meia. Até ter fome.



Descobri recentemente que não passa de uma conspiração parental para evitar que as crianças se divirtam. Achei estranho ao falar com amigos alemães e estarem a comentar porque raios é que em Portugal se esperava duas horas para tomar banho, duche, molhar a ponta dos dedos dos pés. Fui investigar.
Não há, no mundo inteiro, qualquer registo de afogamento de criança ou adulto, em que a causa do afogamento esteja directamente relacionada com a digestão. Há sim uma relação entre a temperatura do corpo e a temperatura da água, pelo choque térmico causado no coração. Um escaldão neste caso até é mais perigoso.

A Cruz Vermelha americana até fez uma experiência sobre o assunto:

Dr. Tim Johnson asked a swimming class what they thought. They believed it. When he told them it was a myth, they didn't believe him.[..]
The American Red Cross agrees. We set up our own experiment with those skeptical swimmers. We had them climb out of the pool and eat a snack. We had them get back in the pool and swim vigorously.
Everybody in class felt fine. One swimmer even said he was hungry.


No Snopes também está lá tudinho. Buzz killer.
sinto-me:
publicado por joaovelhote às 12:59
link do post | comentar
3 comentários:
De pedrocs a 7 de Março de 2008 às 13:23
Neste aspecto tive a alegria de crescer com pais médicos que sempre me disseram para não ligar a esta tanga.

O único sentido que poderia fazer era que, estando a água muito fria, fosse necessário muito sangue na pele, para aquecer o corpo, fornecendo assim menos irrigação ao estômago no lento processo digestivo. Mas isso apenas implicaria uma digestão ligeiramente mais lenta.

E era preciso a água estar muito fria.

Tudo o resto são tangas ao nível do "coca-cola com aspirina é droga"
De anikin a 7 de Março de 2008 às 13:52
Quando treinava natação chegava a almoçar 15 minutos antes de entrar para a água. Eram sempre bons treinos (tanque de combustível cheio).

Há também a teoria de que fazer a digestão na água ou em esforço é uma questão de adaptação gradual... Bom, eu realmente comecei por comer uma sandes antes do treino e progredi (rapidamente) até ao bifão com batatas fritas...
De Nuite a 27 de Abril de 2008 às 11:35
Onde posso reclamar as horas tds que perdi ...
?!?!

Comentar post

Pesquisar

coisos

Arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

blogs SAPO