Terça-feira, 9 de Maio de 2006

Lost and Found

Não gostar da série Lost é humano. Há até quem proponha um método científico para considerar a coisa sobrevalorizada. O senhor que assina A A Gill, discorre com graça no Sunday Times sobre a arte de não gostar da série mais falada do momento. Agora o que que me divertiu mesmo foi a snobeira do cavalheiro, quando resolveu arrasar esta pobre nação só porque não gostou do bacalhau do Tugga, casa de repasto de um nosso compatriota estabelecido na Pérfida Albion. Aliás, inglês e crítico de cozinha na mesma frase é coisa que, decididamente, não cola. Um povo que tem como obra culinária máxima essa mixórdia gordurosa a que chamam "Fish and Chips" devia atar o focinho antes de discorrer sobre a culinária alheia.
publicado por Proletário às 16:43
link do post | comentar
1 comentário:
De A Esposa a 10 de Maio de 2006 às 15:31
A mim A A Gill não me diz absolutamente nada, nem faço ideia do que lhe deu estatuto para criticar comida ou países que ainda por cima lhe são perfeitamente desconhecidos. Mas se ele me aparecesse à frente eu convidá-lo-ia a provar o meu "Grómito" de bacalhau com batatinhas novas e grão, tudo caseiro. De certeza que o ia achar "easier to swallow".

Comentar post

Pesquisar

coisos

Arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

blogs SAPO