Segunda-feira, 2 de Maio de 2005

Tempo de Resposta

O nosso estimado Gil - Não percebo porque é que, de uma vez por todas, não se convida este cavalheiro a entrar neste antro - incorre num erro comum: dar ouvidos ao que diz Dias da Cunha. O homem é um terrorista da palavra, uma picareta falante com vícios de incendiário, mas quem tem dirigentes como Luís Filipe Vieira e, sobretudo, José Veiga, deveria ter mais tento na hora de atirar pedras aos telhado alheios.
O Sporting ganhou em Braga com um onze onde figuravam Tello, Pinilla, Niculae, Miguel Garcia, Paíto e ainda entrou o Hugo para abrilhantar a coisa. Depois disto, tudo é possível. Não me venham cá dizer que o jogo foi ganho com a ajuda do árbitro, senão teremos de analisar a jornada ao pormenor e isso não é coisa em que me apeteça gastar os dedos. Vão lá preparando o discurso de que os árbitros são isto e aquilo. Cheira-me que vão precisar de recorrer a essa muleta daqui a duas semanas.
publicado por Proletário às 12:18
link do post | comentar

Pesquisar

coisos

Arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

blogs SAPO