Segunda-feira, 18 de Setembro de 2006

E não se pode expulsá-los?

Na terça-feira, começou a funcionar uma linha de telefone de apoio aos professores que são vítimas de situações de violência nas escolas. Só por si, a notícia já explica bem a coboiada em que se transformou o nosso ensino. Diz o DN que, em apenas um dia, catorze professores ligaram a dar conta de terem sido agredidos. Não é propriamente uma novidade. Há já alguns anos que nos habituámos a ler notícias de assaltos, insultos e agressões físicas a professores. A ministra da Educação pode inventar todas as reformas que lhe apetecer: alterar a carreira dos professores, inventar exames, mudar currículos que isso a mim pouco me interessa. Já outros o fizeram com resultados tão maus como esta ministra.
O que eu gostava mesmo era que alguém tivesse a coragem de arrasar de vez um sistema de ensino esquizofrénico, em que para chumbar um adolescente cujo interesse na sua própria educação é nulo seja preciso declará-lo incapaz perante uma junta médica e rogar aos céus para obter a concordância dos paizinhos que fazem da escola o vazadouro onde despejam os filhos. Tal como dizia uma professora ao DN, o discurso do coitadinho já mete nojo. Um aluno que agride colegas e professores deve ser expulso do ensino público, sem apelo nem agravo. As escolas não se criaram para servir de reformatório aos marginais que não querem aprender e que até vêm ali uma excelente oportunidade de fazer uns assaltos. E o que mais me irrita nesta merda é que pareço um “reaças” do CDS a escrever sobre o assunto. Chega de palhaçada!
publicado por Proletário às 17:20
link do post | comentar

Pesquisar

coisos

Arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

blogs SAPO