Quarta-feira, 7 de Fevereiro de 2007

Cambalhotas extra uterinas

Acho extraordinária esta cambalhota final dos apoiantes do "Não". Lembraram-se agora de tentar encostar Sócrates às cordas e obrigá-lo a comprometer-se a acabar com a condenação das mulheres que abortam se o "não" vencer. Afinal, quem vota "não" está a votar em quê? Se não querem despenalizar (quantas vezes será preciso repetir que o que está em causa é despenalizar e não liberalizar?) como é que aceitam que haja crime sem castigo? Só mesmo o padre Marcelo e outros "humanistas" para virem com esta retórica miserável.

Também acho graça a essa ideia de que o facto de se permitir à mulher abortar em condições decentes vá provocar uma moda abortista. Como se fosse uma decisão fácil. Como se não tivesse consequências. Como se fosse fazer a depilação. Os senhores do "Não" só têm a ganhar com o "Sim". Podem expandir a sua acção dissuasora e tentar convencer as mulheres a não abortarem. O "Sim" permitirá estatísticas oficiais, ajudará a conhecer o problema e a atacá-lo. Não percebo porque é que precisam do estigma do crime aplicado a quem recorre ao aborto para fazerem valer as suas convicções.

Há muitos erros na campanha do "sim". Devia ter sido explicado claramente que modelo se defende para a concretização prática do aborto. Era preciso pôr honestidade na discussão e reconhecer que existe vida às 10 semanas. Uma forma de vida primária, mas vida. Não me faz confusão nenhuma acabar prematuramente com essa vida sem cérebro do que estragar o cérebro de quem a vai parir.

Só espero nunca mais ter de voltar a esta conversa a partir do próximo domingo.

publicado por Proletário às 00:28
link do post | comentar

Pesquisar

coisos

Arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

blogs SAPO