Sexta-feira, 22 de Abril de 2005

"La Vendetta…

… E' Un Piatto Che Si Serve Freddo", diz o bom povo italiano acerca da arte de espetar a faca. Pois o Carmona, a quem, tal como o homónimo que ficou na história, também poderíamos chamar o "general da espada virgem", vingou-se. Quando o Lopes voltou à Câmara, não faltou por aí quem dissesse que o homem se devia ter "sentido" e bater com a porta, recusando voltar a ser Vice. Agora que o Mendes anunciou o Carmona como candidato eu pergunto: Quem é que ganhou as eleições autárquicas? Que medidas, boas ou más, se conhecem do Carmona? Quem era o Carmona antes de o Lopes o ter convidado para a Câmara? Que o Mendes queira acabar com tudo o que o Lopes tenha feito eu até compreendo, mas privar os lisboetas de o desancar nas urnas (ou não, que isto há eleitores para tudo) pela obra feita e, sobretudo, desfeita é que acho imperdoável. Nunca me passou pela cabeça defender o Lopes em publico, mas desta vez tem ele toda a razão para se sentir apunhalado. O único que se deve estar a rir com isto tudo é mesmo o Carrilho. Já agora, aproveito para perguntar a esse filósofo o que é que ele pensa fazer ao Túnel do Marquês. Agora que a obra já vai a meio, não seria melhor acabá-la o mais depressa possível?
publicado por Proletário às 10:18
link do post | comentar

Pesquisar

coisos

Arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

blogs SAPO