Sexta-feira, 21 de Outubro de 2005

Cavaco ou o mito com pés de barro

O candidato e putativo vencedor das eleições presidenciais Cavaco "não se resigna a ver o país ser ultrapassado pelos seus parceiros tradicionais da UE"? Essa é a piada do ano, sem dúvida. Recapitulemos, então: Esse indivíduo era Primeiro-Ministro quando começaram a chover subsídios da então CEE para que Portugal se aproximasse economicamente do resto da Europa. Como tal, é inteiramente responsável pelo desbaratar dos ditos subsídios que, em vez de potenciar nossa riqueza, serviram apenas para que surgissem uns quantos, muitos até, patos-bravos com casas novas, carros novos, jipes e um sem fim de sinais exteriores de riqueza. Aquilo que era destinado ao investimento foi desbaratado no consumo imediato.

Cavaco não passa de um mito. Se é verdade que o país cresceu durante os seus mandatos (nos quais teve realmente poder para regular a nossa economia), estou absolutamente convicto que um chimpanzé medianamente bem treinado teria o mesmo efeito. Afinal, tendo em conta a injecção de capital vindo do estrangeiro na nossa economia, teria sido necessária uma incompetência extraordinária (digamos, ao nível de um Pedro Santana Lopes) para que não tivesse havido um crescimento económico.

Agora que a grande teta da Europa está a secar e que as pessoas se começam a aperceber que não conseguem manter os hábitos de consumo sem uma economia que os sustente é que o salvador do país aparece a debitar discursos populistas? Bardamerda para esse senhor. Eu tenho memória. E bastante rancor.

Tal como o camarada Proletário, irei votar Alegre.

A menos que o Presidente Vieira consiga apresentar-se às urnas.
publicado por Comboio Azul às 11:47
link do post | comentar

Pesquisar

coisos

Arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

blogs SAPO