Terça-feira, 12 de Dezembro de 2006

Marlon Brando

Há coisa de três anos que deixei de jogar computador, e já nessa altura "jogos de computador" era expressão ultrapassada. Não há hoje decoração moderna de apartamento de jovem adulto que não exiba debaixo do televisor uma PS2, provavelmente com os comandos do último Buzz, pronta para horas de folia social. O acto solitário do jogo em PC (e antes em Amiga e antes em Spectrum), esse tem estado a desaparecer. Sobrevivem os adolescentes com jogos em rede, e o Football Manager nos PC caseiros de gente que se deixou agarrar ao jogo menos jogo de todos os tempos. Até desse me libertei. Tinha sido o último.

Os vícios adormecem mas dificilmente morrem, e um gajo que passava tantas horas do dia e da noite alternando entre Colin McRae 1 e Tomb Raider 3, até os esgotar de qualquer interesse, deve manter-se afastado de todos os estímulos e manter o seu computador com a configuração mínima, de modo a não conseguir jogar qualquer jogo dos útimos cinco anos. A tentação veio por vias inesperadas, no entanto. Tendo-me dado para ver os três Padrinhos de seguida (com uma metódica semana de intervalo entre cada um), caí imediatamente na armadilha. Existe o jogo do Padrinho, é fiel ao filme até ao limite e, dado o meu afastamento deste buraco negro durante anos, é inacreditavelmente bom em tudo.

Os jogos de agora (perdoem-me esta conversa deslumbrada as pessoas mais actualizadas no tema) estão diferentes. Este, por exemplo, não só tem a fronha de cada um dos personagens como as vozes dos actores, gravadas propositadamente para o jogo, com excepção do Al Pacino, que estava já comprometido com o jogo Scarface (isto começa a ficar estranho). Até mesmo ao Marlon Brando foram chatear, já no leito da morte, para gravar alguns diálogos, que realmente aparecem por lá amiúde.

A última interpretação do Marlon Brando foi para um videojogo.
Tags:
publicado por Sérgio às 13:00
link do post | comentar

Pesquisar

coisos

Arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

blogs SAPO