Domingo, 2 de Setembro de 2007

Por falar em leis estúpidas

Soube no outro dia que os operacionais da GNR são responsáveis por todo e qualquer dano causado no material que lhes é atribuído no exercício das suas funções. Soube, por discurso directo, de um soldado que foi responsabilizado financeiramente pelo dano causado na sua viatura de serviço enquanto prendia e nela introduzia um criminoso. Este, justamente indignado com o trabalho da autoridade, pontapeou a porta do carro e quem pagou o estrago foi o Sr. Guarda. Soube inclusive que, caso a referida viatura seja alvejada em tiroteio com bandidagem, quem banca o arranjo dos orifícios na chapa é também o Sr. Guarda.

Confesso que ainda estou incrédulo. Se isto for verdade, compreendo, aceito e até simpatizo com a famosa inépcia dos homens da farda verde, da pança e do bigode. Mais vale gastar dinheiro em tremoços e imperiais do que pagar as asneiras dos outros. Se isto não for verdade, alguém que me desminta, se faz favor, que eu muito lhe agradeço. O que mais quero é poder voltar a insultar os campeões nacionais do mau colesterol. Entre uma imperial e um tremoço e de consciência tranquila.
publicado por O Escravisauro às 01:15
link do post | comentar

Pesquisar

coisos

Arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

blogs SAPO