Terça-feira, 27 de Setembro de 2005

Polémicas à parte,

Voltou a melhor série dos últimos tempos. Já vi o primeiro episódio da nova temporada e recomenda-se.

Ó camarada proletário, olhe que o Sete Palmos ainda não me agarrou, e já vou no final da primeira temporada...
publicado por Comboio Azul às 17:13
link do post | comentar
Sábado, 24 de Setembro de 2005

Montpellier, cidade livre

Estou de férias. A colheita de sativa de Outubro de 2003 do meu cunhado é "exquisita".

Muito esquisita.
publicado por O Escravisauro às 01:58
link do post | comentar

Oh, scotch me up no more, Beam!

O William nao vai gostar...

Oh, my God! They Killed Scotty!...
publicado por O Escravisauro às 01:52
link do post | comentar
Sexta-feira, 23 de Setembro de 2005

Como?

Fiquei a saber que "Old Trafford is a non-smoking stadium". Escolhi uma ma altura para voltar a fumar.
publicado por joaovelhote às 10:01
link do post | comentar
Quinta-feira, 22 de Setembro de 2005

Arte na Ilha





De regresso dessa outrora capital do maior império que o mundo conheceu, muito teria para contar, mas fico-me por uma simples história. Na semana passada, foi inaugurada em Trafalgar Square uma escultura de Marc Quinn. O retrato em mármore de Alison Lapper vai ficar a fazer companhia ao Nelson até 2007. As reacções à obra têm sido variadas, mas intensas - trata-se de uma representação fiel do corpo atrofiado de Alison, sem braços e com as pernas muito curtas e deformadas. Mas o mais interessante da história é mesmo o cavalheiro Marc Quinn. O senhor anda desde há uns tempos a retirar vários litros do seu próprio sangue para cumprir mais um dos seus famosos autoretratos. Quinn pretende criar uma máscara da sua cara, pintada com o seu sangue, de dez em dez anos. Quer deixar o seu envelhecimento para a posteridade. O tipo já usou excrementos humanos, pele, e até a placenta onde o seu filho viveu os primeiros nove meses de vida como material para a sua arte. Descobriu agora uma pulsão para retratar corpos deficientes. Weird. Very Weird.
publicado por Proletário às 22:23
link do post | comentar

Lost in Translation (já que se mencionava a Gaja)

"O Amor é um lugar Estranho"? É caso para dizer que o título se perdeu na tradução...
publicado por Comboio Azul às 05:42
link do post | comentar

E para acabar...

Não tendo nada a ver com o movimento pró-William Shatner que se tem vindo a formar (porém achando que ele é o maior, talvez tão grande e canastrão como o comandante Koenig), eis a minha modesta contribuição para a rubrica das músicas que gostaríamos de ver declamadas pelo mito:

Fitter, happier, more productive,
comfortable,
not drinking too much,
regular exercise at the gym
(3 days a week),
getting on better with your associate employee contemporaries ,
at ease,
eating well
(no more microwave dinners and saturated fats),
a patient better driver,
a safer car
(baby smiling in back seat),
sleeping well
(no bad dreams),
no paranoia,
careful to all animals
(never washing spiders down the plughole),
keep in contact with old friends
(enjoy a drink now and then),
will frequently check credit at
(moral) bank (hole in the wall),
favors for favors,
fond but not in love,
charity standing orders,
on Sundays ring road supermarket
(no killing moths or putting boiling water on the ants),
car wash
(also on Sundays),
no longer afraid of the dark or midday shadows
nothing so ridiculously teenage and desperate,
nothing so childish - at a better pace,
slower and more calculated,
no chance of escape,
now self-employed,
concerned (but powerless),
an empowered and informed member of society
(pragmatism not idealism),
will not cry in public,
less chance of illness,
tires that grip in the wet
(shot of baby strapped in back seat),
a good memory,
still cries at a good film,
still kisses with saliva,
no longer empty and frantic
like a cat
tied to a stick,
that's driven into
frozen winter shit
(the ability to laugh at weakness),
calm,
fitter,
healthier and more productive
a pig
in a cage
on antibiotics.
publicado por Comboio Azul às 05:03
link do post | comentar

Já agora...

Farda mas não talha - além da Scarlet Johansson, não concordo com a presença do Glenn Miller na tal lista. Não é que eu seja um grande entendido de Miller, muito pelo contrário. Mas tudo o que conheço dele gosto. E não vejo como possa ser sobrevalorizado. Afinal, se se for perguntar à maior parte das pessoas quem é que é o gajo, ninguém sabe.
publicado por Comboio Azul às 04:56
link do post | comentar

Referendo

Eu voto a favor.
publicado por Comboio Azul às 04:54
link do post | comentar
Terça-feira, 20 de Setembro de 2005

Operação Manchester

Fases 1 e 2 completas.
publicado por joaovelhote às 14:33
link do post | comentar

Pesquisar

coisos

Arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

blogs SAPO